ENTOMOLOGIA


A UNESP iniciou um programa de extrema importância, que é o de digitalização de obras pertencentes ao seu acervo, seguindo os passos já iniciados por diversos outros países, e que permitem o acesso fácil e irrestrito de obras de diferentes níveis de relevância a pesquisadores e demais interessados, nas mais diversas áreas. Esta secção trata de obras versando sobre o estudo dos insetos, a Entomologia. Encontram-se presentemente disponíveis, clássicos da Entomologia, de autoria de nomes de peso na área científica.

Podem ser encontrados neste conjunto obras de peso nas áreas básicas e essenciais de taxonomia, fisiologia e biologia de insetos, com conteúdo sempre atual, e "imune" à passagem do tempo. Várias destas obras são ricas em ilustrações, incluindo-se aqui aquelas que apresentam ainda pranchas coloridas, de qualidade inquestionável. William Kirby, eminente entomólogo inglês, é considerado "o pai da Entomologia". Kirby foi membro fundador da influente Linnean Society of London. Sua obra aqui disponibilizada, "An Introduction to Entomology", é um título muito celebrado na comunidade entomológica mundial.

James Stephens, contemporâneo de Kirby, além de sua significativa contribuição à Entomologia britânica e mundial, foi fundador da prestigada Royal Entomological Society of London.

Hermann Burmeister foi zoólogo e entomólogo alemão, muito interessado em Coleoptera, e que esteve no Brasil na metade do século XIX. Maurice Gerard foi um eminente entomólogo francês, e que contribuiu grandemente na área de entomologia básica.

François Huber foi um naturalista suíço que, mesmo apresentando deficiência visual, com suas pesquisas criou os fundamentos da história natural da abelha Europa, Apis mellifera, espécie extremamente útil e criada em todo o globo terrestre. John Lubbock, um inglês que foi, entre outras atividades, um biólogo amador, escreveu livros sobre Hymenoptera. Discorreu sobre vários tópicos, incluindo os órgãos do sentido de insetos.

Atribui-se a Lubbock a identificação da sensibilida de que formigas apresentam à luz ultra-violeta.

René-Antoine Réaumur foi um cientista muito prolífico e conhecido em áreas várias e distintas. Na Entomologia, são conhecidas e importantes suas contribuições no estudo das relações existentes entre o crescimento de insetos e temperatura, e na estimativa da taxa de crescimento populacional destes artrópodos.

Dada a relevância das áreas cobertas nas magníficas obras aqui disponibilizadas, este material bibliográfico será rica fonte de informação a entomólogos e historiadores.